A revolução do lanchinho

Atualizado: Fev 17

Por LUCIANE MESQUITA

Feira é um lugar que me faz feliz. É grande a satisfação de ver, em abundância, os frutos da terra. Tomates suculentos, batatas em profusão, abóboras compridas e gorduchas, chuchu e maracujás devidamente enrugados, couves, brócolis, alfaces e espinafres em tons magníficos de verdes.


Frutas, frutas e mais frutas. Quanto colorido, quanto aroma, quanto sabor e... quanta novidade!


Pois é, cada dia me surpreendo com uma invencionice nova na feira.


Desta vez, me deparei com um produto maravilhoso, atendendo uma demanda cada vez mais crescente de pessoas conscientes do seu dever com a própria saúde: chips artesanais de legumes.


Isso mesmo!


Eu já havia visto e provado alguns diferentes chips industriais, e já havia visto batatas doces, mandiocas e nhames nesta versão em casas de produtos naturais, mas me surpreendi com a variedade dos artesanais e com o preparo, que não frita os alimentos e sim os assa!


No pacote que trouxe pra casa havia cenouras, abóboras e vagens, além das batatas eventuais! Uma delícia! O único problema é o preço, salgadinho como o produto.


Pesquisei e descobri que também podemos fazer chips de beterraba, beringela, abobrinha e couve! É a revolução dos lanchinhos! Sensacional!


Tem muita gente que não vive sem doce, e para esses não faltam opções diet, mas para quem adora o salgado, há poucas opções que substituam os biscoitos de milho com quantidades estratosféricas de sódio e conservantes.


A solução está bem diante do nosso nariz, logo ali, ao abrir a geladeira, na gaveta de legumes!


Então é só colocar mãos à obra e, de um jeito bastante fácil, preparar seu mix de saúde!


Vamos à Receita:


Ingredientes:

Legumes de sua preferência:

Abóbora,

Batata doce

Beterraba,

Couve,

Cenoura,

Ou outros

Um fio Azeite de Oliva

Sal Rosa do Himalaiaou outro de sua preferência, à gosto.


Modo de preparo:


Corte os legumes em rodelas finas ou no sentido do comprimento. Separe as beterrabas numa tigela a parte para não manchar os demais ingredientes. Em outra tigela coloque os legumes restantes. Derrame um fio de azeite em cada tigela e também o sal. Misture bem.


Numa fôrma antiaderente disponha todos os legumes, um ao lado do outro. Sem amontoar. Leve ao forno na temperatura mínima para que os legumes mantenham o máximo de nutrientes, por mais ou menos uns 40 minutos, depende de cada forno.


Está pronto! Espere esfriar e guarde num pote hermético.


Ficará crocante por uns 2 a 3 dias...


Aproveite!


#ascaseiricesdalu #lucianemesquita


Conheça a nossa colunista Luciane Mesquita e leia outros artigos de sua autoria:

https://www.cartapolis.com/as-caseirices-da-lu