AFINAL, ENCONTROU-SE UM DESTINO PARA A FUNAI

A Funai, que estava sendo jogada de lá para lá, afinal encontrou hoje um porto seguro. Anunciada a ministra da nova pasta de Mulher, Família  e Direitos Humanos, Damares Alves, viu-se que de quebra ela lavou a fundação indígena que havia sido recusada pelo futuro ministro Sergio Moro, da Justiça.

A indicação da nova ministra é também para resolver um problema crucial para o presidente: contentar o senador Magno Magna, que anda revoltado por não ter encontrado seu porto seguro no governo Bolsonaro.

“Meu compromisso com Jair Bolsonaro encerrou-se em 29 de novembro”, afirmou, brandindo a sua ira por não ter sido convidado como ministro.

Damares Alves é sua assessora parlamentar do gabinete de Malta e ficaria sem emprego em fevereiro, com a derrota do senador na tentativa de reeleição.

Diz-se que ela entende de direitos humanos, conforme mostram vídeos do You Tube.

0 visualização

Posts recentes

Ver tudo