AMAZONAS DÁ AS CARTAS NA SUCESSÃO DA PRESIDÊNCIA DA CNC

O que seria uma mera reunião de diretoria da Confederação Nacional do Comercio (CNC) no Rio, nesta quarta, resultou em mais um choque das tendências que se digladiam pela sucessão do presidente Antonio de Oliveira Santos, eleição em setembro. O pêndulo inclina-se para o presidente reeleito da Fecomércio do Amazonas, , José Roberto Tadros, que conta segundo seus adeptos com 2O dos 28 votantes, leais ao atual dirigente máximo de 92 anos, que não disputará a releição. Enfrentará a chapa oposicionista (e reformista dos padrões da gestão Oliveira Santos), encabeçada pelo presidente da Fecomércio do DF, Adelmir Santana, mas que contaria com apenas 5 votos, e cujo primeiro vice-presidente seria o deputado federal Laércio Oliveira, presidente da Fecomércio de Sergipem filiado ao Solidariedade e alijado da corrida para presidente.

1 visualização