APÓS IBOPE, SENHORA INDEFINIÇÃO PERDURA

De cinco dias pra cá não há nenhum fato novo que motive grandes mudanças nas pesquisas.

As pesquisas que usam o método de entrevista presencial (DataFolha e Ibope) estão com números que variam dentro da margem de erro, portanto, muito parecidos.

Mas essas pesquisas diferem daquelas de institutos que usam a abordagem telefônica (Paraná Pesquisa, FSB, Big Data).

Entretanto, os números das pesquisas telefônicas também variam dentro da margem de erro. Portanto, talvez seja preciso auferir uma média aritmética entre as pesquisas presenciais e as telefônicas.

Nessa média é que se encontrará o patamar real de cada candidato.

0 visualização