BANCO MELLON ACIONADO NA JUSTIÇA PARA PAGAR R$.9,3 BI AO POSTALIS

O Banco BNY Mellon é tão tradicional nos Estados Unidos quanto a Deciaração de Independência. É tri-centenário, vetusto e multinaciomal.

Mas no Brasil (onde tem filial em São Paulo, na categoria “banco de negócios”) teria cometido um notável erro de governança. A acusação é de que teria jogado no mercado títulos podres do Postalis, fundo de -pensão dos Correios, e causado um irreparável prejuízo aos empregados que desejavam uma aposentadoria sem sustos, e pagaram por isso. Agira, pagam o dobro, e não têm a aposentadora garantida.

Para piorar a vida do Mellon, que teve sua carteira abalada por esse escândalo no Brasil, narra Vicente Nunes em seu Blog que a Procuradoria da República em São Paulo acaba de entrar com uma ação civil pública pela qual insta o banco para que faça o ressarcimento de parte dos prejuízos acumulados pelo Postalis. Cerca de R$ 9,3 bilhões.

Não é nada para o tri-centenário banco da Filadélfia. Para os empregados dos Correios lesados, é a vida deles.

1 visualização