BIC, O DESTAQUE DO DIA, QUE AMEAÇA OS POUCO ROBUSTOS

Aviso aos marinheiros, civis e militares em geral: a caneta do presidente está à solta.  E se trata de uma caneta BIC.

Depois de tomar posse, essa modesta canetinha, que custa pouco mais de  R$ 2 nas piores casas, poderá ser a arma ltal  de Jair Bolsonaro para dardejar auxiliares denunciadas com robustez.

Diferente de Collor, que preferia uma reluzente caneta Mont Blanc, caríssima e de grife francesa, Bolsonaro usa a brasileiríssima BIC, que e ao falhar é jogada no lixo.

Até  mesmo para defenestrar ministros que hoje  se arvoraram como todo-poderosos, alguns deles com envergadura  robusta mas passado débil.

2 visualizações