BOLSONARO CHAMA POLÍTICOS PARA GOVERNO SEM OUVIR CHEFES PARTIDÁRIOS

A convocação de dois deputados federais para o governo, um do MDB e outro do PSL, feita ontem pelo presidente eleito Jair Bolsonaro está longe de representar concessão ao loteamento do poder entre os partidos

Outro engano: cogitar que vem formando sua base governista no Congresso, à luz das de Michel Temer e presidentes anteriores,

O estilo Bolsonaro é chamar políticos para junto de técnicos, economistas, militares não para atender as cúpulas partidárias nem mesmo critérios regionais.

O que ele faz é  convidar diretamente integrantes das bancadas conservadoras ou frentes parlamentares. Sem atentar para os caciques presidentes dos partidos, que antes eram os primeiros consultados pelos presidentes.

Esses caciques estão irritados. Mais ainda pela presença de Sergio Moro como ministro da Justiça e presença de um general como articulador político.

1 visualização