BOLSONARO CONSERVA PODER MODERADOR ENTRE CORRENTES DE SEU GOVERNO

Um sistema de governo do tipo monarquia parlamentar – em que a estabilidade é provida pelo poder moderador do imperador, sobrepairando  as correntes políticas  – é o modelo escolhido por Bolsonaro.

No caso, o perdedor é o atual presidencialismo de coalizão, em que as correntes políticas mantêm o Executivo refém de suas chantagens no Congresso Nacional.

Bolsonaro vai exercer a  democracia direta, valendo-se sempre de sua alta popularidade e da massa de votos dos que nele depositara, toda a sua esperança.

Vai pairar sobre 4 correntes que sustentam o seu governo: a militar, a parlamentar, a econômica e a jurídica, exercitando o poder moderador imperial.

1 visualização