BOLSONARO SE ANTECIPA A UMA FRENTE DE GOVERNADORES SOB COMANDO DE DORIA

Bastou que o governador eleito João Doria recebesse em São Paulo seus colegas do Rio, Distrito Federal e Rio Grande do Sul, para ´que as antenas do “bunker”  de Jair Bolsonaro na Barra da Tijuca captasse os sinais de perigo.

Ou seja: o nascente governo federal perder as rédeas da iniciativa política junto aos governadores para Doria.

O recém-eleito e ambicioso governador paulista já tratava de organizar  uma frente federativa para atuar sob sua coordenação direta e  marcando reunião entre alguns deles – os mais poderosos – em Brasilia, nesta quarta.

Foi quando  o “bunker” reagiu e se antecipou. Bolsonaro quer um encontro com governadores  eleitos e reeleitos imediatamente após  sua posse em janeiro. Ou mesmo antes.

Por trás, o pano de fundo da sucessão presidencial de 2022, que, por incrível que possa parecer, já está em jogo.

0 visualização