CARTA POLIS ANTECIPOU: ESCOLHIDO PARA EDUCAÇÃO É DE VIVIANE, SEU BRAÇO DIREITO

Nas primeiras horas da manha de hoje, antecipamos que a próxima estação de Bolsonaro seria a escolha do ministro da Educação, e que havia forte chance de que fosse a educadora  Viviane Senna.

Horas depois, Bolsonaro anunciou o nome. Não foi Viviane, mas seu braço direito no Instituto Ayrton Senna, Mozart Neves Ramos. A indicação foi dela, somente dela.

Ela será a verdadeira ministra.

1 visualização