COMEÇA OPERAÇÃO MÃOS LIMPAS NO BRASIL

É bom ir-nos acostumando ao estado democrático de Direito praticando o que lhe diz respeito no combate aos criminosos – seja de colarinho branco ou colarinho sujo.

O ministro Sergio Moro, ao apresentar  hoje o seu pacote anti-crime inaugurou um novo tempo no Brasil. Existe compatibilidade entre democracia com endurecimento das penas e do severo tratamento policia ao crime, organizado ou não.

Doravante, os criminosos terão nomes e não  serão mais citados apena nas conversas de  bar ou escritos nas páginas policiais da imprensa.

São os inimigos do Estado que chegam com seus nomes bem definidos,  tal qual acontece no Código de Processo Penal da Itália, artigo 461bis.





Baseado neste código da Itália que Moro estudou com devoção quando acompanhou a Operação Mãos Limpas, propõe que, assim como as máfias daquele país, organizações criminosas como Primeiro Comando da Capital e Comando Vermelho sejam expressamente nomeadas na legislação.Até mesmo as milícias o Rio passam a ser inimigas públicas.



Começou a Operação Mãos Limpas no Brasil.

1 visualização