COMEÇOU A ERA DAS INDAGAÇÕES: BOLSONARO CUMPRIRÁ SUAS PROMESSAS DE CAMPANHA?

Há um grande expectativa sobre esse início de atuação de Bolsonaro: ele levará adiante as promessas duras que fez na campanha, principalmente na área de segurança, ou irá descer do palanque e buscar um governo de diálogo e coalisão?

Os primeiros atos e falas não mostram que o novo presidente pretenda recuar. Mas ele não terá facilidade para endurecer a política de segurança.

Principal aposta de Bolsonaro, Sérgio Moro, que ocupará o ministro da Justiça, é terminantemente contra dois pontos essenciais para o presidente: o excludente de ilicitude, que permite que policiais matem sem ser processados, e a criminalização de movimentos sociais.

Outro obstáculo é o STF, que sinaliza ser contra o aumento do encarceramento e o fim das progressões de pena.

A menos de dois meses do início de fato de seu governo, Bolsonaro vai começar hoje a sentir na pele que comandar um país complexo como o Brasil é muito mais difícil do que comandar uma campanha eleitoral com base em discursos agressivos e bravatas nas redes sociais.

1 visualização