CRISTIANE SE INDISPÔS CONTRA PAI JEFFERSON

Não foi suave o diálogo entre pai e filha – Roberto Jefferson e Cristiane Brasil – para ela aceitar a decisão do presidente nacional do PTB para ela desistir de tentar ocupar o Ministério do Trabalho. Cristiane argumentou com o pai, em sua defesa, que a ministra Cármen Lúcia,presidente do STF, decidiria a questão em seu favor. Jefferson apostou que não Prevaleceu o dirigente partidário e não o coração de pai. A briga foi inevitável.

1 visualização