ESTILO GETULISTA DE NEGOCIAÇÃO ENTRA EM CENA NO ACORDO BOEING-EMBRAER

Para que o presidente Jair Bolsonaro reuniu toda essa gente hoje no Palácio do Planalto?

A saber:

Fernando Azevedo, Ministro de Estado da Defesa; Augusto Heleno, Ministro de Estado Chefe do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República; Almirante de Esquadra Ilques Barbosa Junior, Comandante da Marinha; Ten Brigadeiro do Ar Antônio Carlos Moretti Bermudez, Comandante da Aeronáutica; José Levi Mello do Amaral Júnior, Procurador-Geral da Fazenda Nacional; Ana Paula Lima Vieira Bittencourt, Procuradora-Geral Adjunta da Fazenda Nacional; Major-Brigadeiro do Ar Heraldo Luiz Rodrigues, Vice-Chefe do Estado Maior da Aeronáutica; Mansueto Almeida, Secretário do Tesouro Nacional; Waldery Rodrigues Júnior, Secretário Especial da Fazenda, e Ten Brig Ar José Magno Resende de Araujo, Comandante de Operações Aeroespaciais.

Resposta: Acordo Boeing-Embraer.

Tendência: não correr tanto. Entra em cena a chamado estilo getulista.

Só conceder aos Estados Unidos – mesmo ao setor privado –  após vantagens adicionais garantidas ao Brasil.

De graça e fácil, como tudo estava indo, não.

Dizem os militares.

0 visualização

Posts recentes

Ver tudo