EX-PRESIDENTE DOS CORREIOS CONTINUAVA DESPACHANDO NA SEDE PARA MONTAR ESQUEMA POLÍTICO

Ex-presidente dos Correios, desincompatibilizado para disputar as eleição para deputado federal pelo PSD paulista, Guilherme Campos não perdeu o hábito e continuava despachando na sede da empresa como se seu dirigente ainda fosse, sem nenhum culto republicano. Chamava seus antigos assessores e usava a estrutura da casa para seus contatos políticos. Corre nos bastidores que, enquanto presidente, Campos usava passagens aéreas da empresa para ir para casa, em Campinas. Por essas e outras os Correios chegaram à situação pré-falimentar de hoje. Na semana passada e nesta foi dispensada de suas funções quase uma dezena de altos dirigentes comissionados à guisa de economia de custeio. Enquanto isso tudo ocorre Campos alimenta planos para um voo maior: se apresentar como vice de João Dória numa chapa PSDB-PSD de Gilberto Kassab para disputar o governo de São Paulo.

1 visualização