GILMAR VAZA COMENTÁRIO DE QUE SEGUNDA TURMA NÃO APROVARÁ SOLTURA DE LULA

É o ministro Gilmar Mendes o autor dos vazamentos dos comentários atribuídos a um dos ministros do STF por colunas bem informadas de que a segunda turma do STF não aprovará no dia 26 o recurso extraordinário dos advogados do ex-presidente Lula para soltá-lo da prisão. Ele passou essa impressão pessoal a um pré-candidato a presidente da República, ressalvando: “pelo menos agora Lula não será solto”. As razões da inciativa do ministro se apoiam na natureza do procedimento da segunda turma não invadirá o mérito da condenação mas tão-somente eventuais irregularidades dos documentos do processo, que, segundo Gilmar, estão perfeitos.

1 visualização