Gostosuras de Cosme e Damião

Atualizado: Fev 17

Por LUCIANE MESQUITA


É muita gostosura distribuída nos dias 26 e 27 de setembro por causa dos homenageados e muito queridos Cosme e Damião.


Esses dois irmãos são considerados Santos pela religião católica e também possuem seus representantes no candomblé e na Umbanda.


A história conta que esses gêmeos aprenderam a medicina e, muito cedo, começaram a tratar doentes, adultos e crianças. Eles não cobravam pelo tratamento e agradavam as crianças, presenteando-as com doces. É por isso que muitas pessoas mantêm a tradição de distribuir doces. Um ato de gratidão e homenagem aos santinhos protetores das crianças e dos médicos.


Já na região nordeste a tradição é servir o Caruru, uma quiabada com camarão que é um “troço” de tão bom!


Bem, minha família é do Nordeste e vive hoje no Centro-oeste, então, maravilha, pratica as duas tradições! Cresci ajudando minha mãe a encher os saquinhos e enquanto ela distribuía para as crianças necessitadas, eu corria com meus irmãos, de porta em porta, tentando ganhar mais doces…


Que diversão! Já na cozinha, observava mamãe picar um monte de quiabos, tratar o peixe, e despejar lindamente aquele dendê amarelinho nas panelas fumegantes.


Aroma e sabores incrustados na memória!


Seguimos ano a ano com a tradição e este foi um fim de semana abençoado: estava lá o Caruru, a Moqueca Baiana, o Pirão de Dendê e o Feijão de Leite, e de sobremesa, adivinhem: saquinhos recheados de doces tradicionais!


Tenho que  agradecer muito a esses dois meninos!


Viva São Cosme e viva São Damião!


E viva tudo o que reúne, congrega, fortalece os laços, a generosidade e o amor entre as pessoas!



Foto: Luciane Mesquita