INCRÍVEIS VIAGENS PARA FAZER NA QUARENTENA

Atualizado: Abr 7

Por ANA LUISA MOTA

"A maior aventura de um ser humano é viajar,

E a maior viagem que alguém pode empreender

É para dentro de si mesmo.

E o modo mais emocionante de realizá-la é ler um livro"

(Augusto Cury)


O ano é 2019. Um novo vírus desconhecido surge em uma província chamada Wuhan, na China, e que, em menos de quatro meses, se alastrou pelo mundo dizimando milhares de pessoas. A situação de pandemia se instala e os países correm para combater o inimigo número um da humanidade, chamado Covid-19. Essa história bem que poderia ser mais uma sugestão dessa coluna sobre um fantástico livro de ficção científica. Infelizmente não é. A narrativa é bem real e está acontecendo nesse exato momento no mundo. Uma história que mudou a vida de mais de 7 bilhões de pessoas, fazendo com que muitas delas se mantenham em suas casas, cumprindo isolamento social como forma de prevenção.


Para enfrentarmos essa história inusitada que estamos vivendo, o ideal é que possamos manter a mente tranquila, relaxada, para diminuir a nossa ansiedade. Por isso, indico cinco livros de fantasia e de ficção para que você possa se permitir relaxar ao “viajar” por mundos incríveis, inimagináveis e divertidos, no aconchego de sua casa. Afinal, como já dizia a escritora Emily Dickson: “Não há melhor fragata que um livro para nos levar a terras distantes.”


Aqui vão cinco sugestões de incríveis “viagens” para você fazer nessa quarentena através dos livros:


VIAGEM AO CENTRO DA TERRA

Foi publicado originalmente em 1864 e é uma das principais criações do escritor francês Júlio Verne, o precursor da ficção científica. Ao longo da narrativa, fantasia e ciência coexistem e confundem-se, conforme o autor transita livremente entre elas ao explorar a história de uma jornada que homem algum ousaria trilhar. Mas o professor Otto Lidenbrock e seu sobrinho Axel têm essa coragem e vão se aventurar, após decifrarem um código oculto em misteriosas inscrições rúnicas, por essa trilha que os leva rumo ao centro da terra, onde irão enfrentar situações inimagináveis. Acredita-se que a história tenha sido inspirada em uma viagem que o próprio Verne teria feito para a Noruega e para outros países escandinavos. O autor escreveu também os clássicos" 20 mil léguas submarinas", e "A ilha misteriosa", e é o segundo escritor mais traduzido em toda a história.


ALICE NO PAÍS DAS MARAVILHAS

A obra é de autoria do escritor britânico Lewis Carroll (pseudônimo de Charles Lutwidge Dodgson), foi publicado originalmente em 1865 e escrita para Alice Liddell, filha do membro do clero do Christ Church, em Londres. Este é um dos livros mais icônicos da literatura fantástica, sem dúvidas, que já teve suas versões em filmes, musicais e peças teatrais. Como vocês sabem, a história gira em torno de Alice, uma menina que, entediada com a vida, resolve perseguir um coelho bem apressado e preocupado com as horas. De repente, a jovem cai num buraco e se vê num lugar fantástico, rodeada por criaturas incríveis e bastante peculiares. O sucesso de Alice no País das Maravilhas foi tão grande que Carroll escreveu uma continuação que foi publicada sob o título de "Alice Através do Espelho e O Que Ela Encontrou Por Lá". A narrativa com certeza te levará direto para os cenários inusitados criados por Carroll, e te fará rir com os diálogos controversos durante um chá maluco, das perguntas atrevidas de Alice para a Rainha de Copas no jardim de rosas vermelhas, além de encontros inesperados com animais fantásticos. Recomendo a edição bolso de luxo, da Clássicos Zahar, que traz compilado as duas histórias de Alice: “Aventuras de Alice no País das Maravilhas” e “Através do Espelho e o que Alice encontrou por lá”, e ilustrações de John Tenniel.


O HOBBITT

Também traduzido como “Lá e de Volta Outra Vez”, este é um clássico da fantasia épica escrito pelo britânico J. R. R. Tolkien, mesmo autor de "O Senhor dos Anéis". A obra de Tolkien é recheada com seres que fazem parte da mitologia clássica dos contos de fada, como elfos, magos, anões, trolls, goblins, entre outros. Em O Hobbit, acompanhamos Bilbo Bolseiro, um respeitável hobbit, que parte numa aventura incrível atrás do tesouro escondido pelo dragão Smaug. Ao longo da narrativa também somos apresentados ao feiticeiro Gandalf, a Thorin Escudo de Carvalho, o chefe do grupo dos anões, entre outros personagens notáveis. Se você só conhece O Hobbit através dos filmes, então acho que está mais do que na hora de cair de cabeça no maravilhoso universo literário criado por Tolkien! E indico que você compre a edição especial de 2019, da Harper Collins, que traz ilustrações exclusivas do próprio autor, que inclui o mapa das terras selváticas (foto de abertura) que faz você viajar pelo mundo mágico dos hobbits, além das inscrições em runas anglo-saxônicas, que representam as runas dos anãos.


PETER PAN

Outra história icônica que muitos já devem ter lido ou visto em filmes. Uma mágica viagem pelo tempo criada pelo escritor escocês James Mathew Barrie, que após várias versões criadas para o teatro britânico, acabou lançando em 1911 o livro em prosa chamado Peter and Wendy, depois renomeado Peter Pan. Uma das biografias do J.M. Barrie garante que o personagem de Peter foi inspirado no irmão mais velho do autor. Chamado David Barrie, ele morreu dias antes do seu aniversário de 14 anos enquanto brincava de deslizar no gelo. Para ele e sua mãe, o irmão foi a “primeira criança que nunca cresceu”. Peter Pan é considerado um clássico da literatura, do cinema e do teatro musical. Voltar a ler a história desse menino que se vestia de verde, que podia voar e que nunca deixou de ser criança, com certeza fará você viajar pelo tempo, voar de volta para a sua infância e em busca da “Terra do Nunca”. Recomendo a edição comentada e ilustrada da Clássicos Zahar.


A LIVRARIA MÁGICA DE PARIS

Essa emocionante história de amor, de perda e do poder dos livros, que se tornou um best-seller internacional, com mais de um milhão de exemplares vendidos no mundo, é de autoria da escritora alemã Nina George, que também é jornalista e professora. Trata-se da história de Monsieur Perdu, que se considera um “farmacêutico literário”, que prescreve livros como remédios para todas as dificuldades da vida de dentro de seu barco-livraria, que fica ancorado no Rio Sena, em Paris. Perdu identifica e recomenda o livro perfeito para cada um. A única pessoa que ele parece não conseguir curar através dos livros é ele mesmo. Essa incrível história fará com que você navegue junto com Perdu pelos rios do interior da França, absorvendo, por meio da narrativa, sugestões de livros para a cura da alma humana. A Livraria Mágica de Paris é uma carta de amor aos livros, perfeito para quem acredita no poder que as histórias têm de influenciar nossas vidas e de nos fazer acreditar num mundo melhor.


Como a obra acima propõe, os livros podem ser, sim, os melhores remédios para a nossa alma nesse momento de tensão que estamos vivendo. Por isso, pegue agora mesmo o seu álcool em gel, escolha o seu melhor roteiro, e viaje você também por mundos fantásticos durante a quarentena.


#leituraobrigatória #literatura #leitura #quarentena #pandemia #ficçãocientífica #fantasia