Juros Compostos, Um Roubo!?

Atualizado: Fev 17

Por PAULO BEZERRA


O que você acha de juros sobre juros?


Eu acho um roubo, na hora de contratar é uma coisa, na hora de pagar as contas não batem.

É usura, um roubo, as parcelas vão subindo, então, eu não concordo com juros sobre juros.


Imagine que uma bactéria está sozinha em uma piscina, todo dia a quantidade dobra, em 30 dias elas enchem uma piscina. Em qual dia a piscina estará pela metade de bactérias? A resposta é no dia 29, pois desse dia até o seguinte a quantidade dobrará e encherá até a borda.


Já ouviu falar da lenda sobre a invenção do xadrez? O rei prometeu um grão de trigo pela primeira casa e a cada casa dobrava o número de grãos. Procure na internet, é uma lenda interessante. O rei mandou pagar...


Não vou contar o final, mas resumindo, a quantidade de grão seria 18.000.000.000.000.000.000.


Juros compostos existem na matemática e servem também para cálculo de Progressão Geométrica, mas não deveriam existir para me “roubar”.


Uma dívida de um real com 100% de juros ao mês dará ao final de 64 meses, 9 quintilhões de Reais. Segundo o Banco Central do Brasil, no nosso país temos quase R$ 240 bilhões de dinheiro em circulação. O valor da dívida seria quitado com 37 milhões de vezes o dinheiro em circulação no Brasil.


Então, você acha justo?


Nem eu.


Um carro no valor de R$ 60.000,00 financiado em 60 meses a taxa de 2% ao mês deveria ter uma parcela mensal de R$ 1.610,00, mas, por causa do “juro sobre juro” esse valor passa para R$ 1.726,08, um roubo de R$ 126,08 por mês que totaliza R$ 7.564,80 a mais do que calculado da forma “justa”.


Então, para finalizar nosso raciocínio, lanço um desafio, faça uma troca na sua financeira e pague só o que é “justo” para você, mas o acordo deverá incluir também o seu patrão. Você não pagará justos compostos, mas também não receberá em conformidade com ele, dado que, você será terminantemente contra juros compostos, tá combinado?


Uma pergunta antes...


Você toparia devolver todo juro composto que já recebeu?


Vamos começar...


A correção do salário mínimo utiliza juros compostos, caso o reajuste fosse por juros simples, o salário mínimo, desde a implantação do Plano Real, estaria em R$ 252,53.


Então, se você recebe R$ 10.000,00 por mês, trabalha desde 1994 e seu reajuste é pelo salário mínimo, seu ganho mensal deveria ser de R$ 2.530,36, então, só neste último ano, se você acha juros compostos injusto, você “roubou”, considerando o décimo terceiro e as férias, R$ 99.570,30.


Se você aceitou o desafio, prepare-se para devolver ao seu patrão quase um milhão de Reais recebidos “injustamente” desde a implantação da nova moeda.