“LUZIA MORREU”

(Da presidente do IPHAN, Kátia Bogéa, sobre o incêndio no Museu Nacional do Rio de Janeiro, que incinerou o crânio humano mais antigo das Américas, o fóssil Luzia, de 16 mil anos, segundo o Estadão)

0 visualização