MARCUS CAIU, MAS NÃO FOI EMPURRADO: QUEDA-SURPRESA.

O ex-ministro da Indústria e Comércio, Marcus Pereira, não foi empurrado para cair. A demissão dele foi surpresa no Palácio do Planalto. Esperava-se que ele saísse em abril, como candidato. Não se sabe porque se adiantou. Uma pista: na carta de demissão lamenta por não ter “entregue” uma política automotiva.

0 visualização