MESMO SECRETA, DECISÃO DE TOFFOLI, RENAN PODE SER BATIDO PELA OPINIÃO PÚBLICA

O ministro Dias Toffoli decidiu nesta madrugada que a votação para presidente do Senado será secreta, após Solidariedade e MDB recorrerem a STF. A votação está marcada para logo mais às 11hs.

Entretanto, as cenas de quase pugilato de ontem envolvendo o próprio Renan Calheiros, o assalto à mesa diretora dos trabalhos protagonizada por  sua aliada, senadora Kátia Abreu e as intervenções radicais dos adeptos do senador alagoano podem ter criado mal estar na opimião pública que se refeletirá na votação de hoje.

Mesmo secreta, ocmo determinou Toffoli, a maioria dos senadores – sobretudo os 49 novos – está disposta a atender à pressão da sociedade  e mudar de mãos o comando da casa.

Entretanto, o problema que se posta é que Davi Alcolumbre é muito inexperiente e jovem para ser o representante dessas novas correntes favoráveis à mudança.

1 visualização