NÃO FOI DECLARAÇÃO DE GUERRA, FOI ÚLTIMO AVISO DE BOLSONARO

“Espero que governo da Venezuela mude rapidamente” não foi uma declaração de guerra de Bolsonaro a Maduro. Foi um aviso (talvez o último) de que o Brasil não será um espectador passivo do um vizinho da importância estratégica da Venezuela se dismilinguir por conta de um governo doidivanas e isolado.

Se foi preciso que o Brasil dê um empurrãozinho para que Maduro balance isso ele fará.

Basta não atender ao mínimo de ordem democrática requerida pela comunidade internacional através do Grupo de Lima ele o fará. .

Por enquanto, apenas um aviso de Bolsonaro. Que Maduro mude rapidamente de atitude, antes que os coronéis revoltados o tirem de sua cadeira.

0 visualização