NO MOMENTO DE ANUNCIAR SEU MINISTÉRIO, TANCREDO SE DEU CONTA DE QUE FALTAVA UM…

Transcorria a indicação dos ministros do governo Tancredo-Sarney.

Como primeiro governo da redemocratização, em 84, havia que se consultar tidos os partidos  e alas qjue haviam apoiado a chapa de oposição ao candidato do regime militar, Mário Andreazza.

Consulta pra cá,  consulta pra lá, o ministério foi dado como pronto em alta madrugada do dia da apresentação à imprensa, por Tancredo, no auditório da Fundação Getúlio Vargas, em  Brasília, que havia sido o bunker da campanha.

Antes de sair de casa, porém, Tancredo deu-se conta de que faltava um ministro, o da Desburocratização. “Quem vou convidar” ?

– Já sei. Vou  chamar aquele menino do  Ceará, o Paulo Lustosa – disse Tancredo a seu porta-voz Mauro Salles.

E assim foi. Lustosa tornou-se ministro por um telefonema urgente de madrugada.

0 visualização