O BARATO SAI CARO

Por PAULO BEZERRA

Coluna Educação para o Consumo


Economizar tem limite e o exagero pode fazer com que o barato saia caro. Independentemente do valor, toda compra deve ser programada e planejada. Costumamos fazer isso apenas quando adquirimos veículos, imóveis ou outras coisas de valor alto.


Apesar de algumas pessoas comprarem até mesmo carro por impulso orientada por comerciais de televisão, com belos cenários e atores, ou para não ficar por baixo de amigos e vizinhos, este não é o caso da maioria (sonho eu), as pequenas compras podem escapar despercebidas.


Quando precisamos de três ovos para fazer um bolo ou pudim, não devemos optar pela cartela de 30 ovos, que pode custar um pouco mais do que uma dúzia, pois se você não pretende consumir todos ou ovos ou comê-los por obrigação o caro lhe sairá mais barato.


O mesmo vale para um par de sapatos. Pagar uma pechincha e calçá-los apenas uma única vez é um preço alto que pagamos pelo desconforto. Digo que a diferença entre o rico e o pobre é que o rico costuma gastar menos.


Quando sua carteira está cheia você paga dez vezes mais por um calçado, mas aquele sapato tem durabilidade maior do que o proporcional pago e ele se desfaz do par porque já está até enjoado de tanto usá-lo, mesmo ainda estando em bom estado, pela qualidade dos materiais.


Optar pelo barato, no final das contas pode sair mais caro. Na praia evitamos almoçar na barraquinha e fazemos vários pedidos de tira-gostos, não nos alimentamos bem e não almoçamos como deveríamos. Ao pagar a conta o valor pode ser superior ao de uma conta com boa alimentação.


É sutil discernir entre o custo das coisas, por isso o cérebro nunca pode relaxar quando se trata de ter foco em encher a caixinha pois a todo momento somos testados. Aquele diabinho no nosso ombro só pensa no prazer momentâneo e a voz dele é mais sedutora, por isso alimente o anjinho que fica no outro ombro e dê ouvidos apenas a ele.


Você deve ficar em constante estado de atenção tanto no que se refere a colocar a mão no bolso porque existem várias pegadinhas e truques nos boicotando na missão de enchermos a caixinha quanto para termos foco e determinação para a realização de sonhos que o dinheiro pode pagar.


***

Conheça Paulo Bezerra

9 visualizações