O MELHOR DO PIOR OU O PIOR DO MELHOR?

Por PAULO BEZERRA

Coluna Educação para o Consumo

Costumamos pensar apenas no valor tirado da carteira, mas toda decisão gera consequência, portanto pense bem antes de qualquer compra porque podem ocorrer gastos extras em virtude de sua escolha.

Para adquirir, por exemplo, um automóvel ou um imóvel, é preciso levar em consideração diversos aspectos até chegar à batida do martelo.

Mesmo que a escolha recaia entre duas opções de igual valor o desempate não deve ser feito pensando, por exemplo, exclusivamente na beleza.

Imagine estar em dúvida entre comprar o carro mais completo de uma categoria ou o maior mais pelado uma categoria acima.

O que deve ser ponderado não é só se o da categoria acima dá para pagar, mas se terá dinheiro para manutenção e seguro que serão pagos posteriormente. Por que fazer esta análise? Porque os custos futuros serão distintos e é preciso ter clareza se eles caberão no orçamento.

O mesmo acontece com imóvel. Você prefere o pior apartamento de um condomínio de elite ou um no melhor condomínio classe média, sendo ambos de mesmo tamanho e valor? Parece uma escolha simples, mas novamente, os custos posteriores serão diferentes, já que, por exemplo, o valor de condomínio e por vezes até do deslocamento para o centro ou para o trabalho serão diferentes.

Em menor grau, este raciocínio também se aplica à escolha de hospedagens em hotéis. Você pode ficar em um de duas estrelas no centro ou em um de quatro estrelas afastado das atrações, aquele hotel que parece um resort lhe demandará maior despesa para transporte e seus percursos diminuirão o seu tempo para explorar a cidade, entretanto pode oferecer piscina e opções de lazer, que muitas vezes você nem utilizará.

Nossas decisões não podem sofrer influência do que pensam os outros, nem de exibicionismo, mas sim, centrada em decisões, escolhas pensadas, analisadas e que cabem no nosso bolso tanto no presente, quanto no futuro.


Sua caixinha agradece! Principalmente tendo dinheiro para alimentá-la.


***

Conheça PAULO BEZERRA leia outros artigos de sua autoria