O que a forma como você se veste revela sobre você?

Atualizado: Fev 17

Por DANIELA TOLOZA & LUCINEIDE CRUZ


Por quais razões uma pessoa deve preocupar-se com as roupas que veste? Uma das respostas a esta pergunta é porque a escolha das roupas, acessórios e tons de maquiagem geram no outro um prejulgamento e pensamentos como: essa pessoa é elegante! Que estilo! Nossa como se veste mal! Este tipo de roupa não é adequada para trabalhar! Eu não contrataria uma pessoa que se veste assim.


Então, querendo ou não, pessoas e organizações acabam ficando atentas à maneira como o outro se expressa por meio das escolhas e combinações que faz em seu vestuário. Algumas organizações chegam a ter normativos que detalham a cor, a forma e o tamanho das peças que podem ser utilizadas por seus colaboradores, normalmente por entenderem que estes são seus representantes e retratam a imagem corporativa.


Vestir-se vai mais do que preocupar-se com a imagem que o outro pode fazer. É também uma forma de expressão, revela uma personalidade, uma intenção e é preciso estar satisfeito e em sintonia entre o se vê no espelho e o que por meio das escolhas quer expressar.


E é justamente nisto que uma Consultoria de Imagem e Estilo pode ajudar, ou seja, auxiliar na construção de uma imagem que esteja em sintonia com suas crenças, valores e estilo de vida. Essa experiência visa a ensinar as pessoas a fazerem compras com propósito, aliando as melhoras peças para o seu tipo físico e a imagem que se deseja comunicar. Nesse processo, a pessoa também pode descobrir as cores que mais a favorecem e, consequentemente, as melhores escolhas de coloração capilar e maquiagem.


É importante destacar que muitas pessoas contratam o serviço de consultoria porque a imagem e a autoimagem não estão em sintonia. Isso significa que as pessoas as enxergam de uma forma diferente da forma como ela se enxerga. E isso pode ocorrer tanto no âmbito pessoal como profissional.


Assim, na Consultoria de Imagem e Estilo você pode contar com um profissional para identificar e refletir sobre todos estes pontos. Com ele, você vai chegar em um consenso de qual é a imagem ideal para você transmitir para o mundo e como conquistá-la. O importante é criar uma imagem única, harmônica, que seja adequada para o ambiente de trabalho e para a sua vida!


Por fim, quero lembrar que um consultor de imagem não trabalha diretamente com moda, e sim, com a imagem e a identidade visual que o cliente quer passar. O trabalho é profundo e em parceria, e se baseia em autoconhecimento e autoestima, na busca da sua melhor versão, por meio da autoaceitação e respeito a si próprio.


*Daniela Toloza – Sócia-fundadora da Brechó Era Meu Agora e Seu e Consultora de Imagem e Estilo

44 visualizações