ONYX OBSERVA CRÍTICAS À SUA CAPACIDADE DE ARTICULAÇÃO POLÍTICA

Envolvido nas questões de assessoramento direto e pessoal ao presidente Jair Bolsonaro, o chefe da Casa Civil Onyx Lorenzoni está deixando de estar presente na dinâmica de articulação com as forças políticas do Congresso.

Em última análise está sobrecarregado com as crises que se sucederam ultimamente tentando por panos quentes.

As críticas começam a pipocar à sua verdadeira capacidade de articulação política e de assumir compromiasos com os parklamentares em nome do governo.

Para piorar as coisas Onyx perdeu um colega de ala nas ligações com o Congresso, o ex-ministro Gustavo Bebianno com dialogo franco com o deputado Rodrigo Maia. E era ex-presidente do PSL maior bancada da Cãmara.

O que mão era para melhorar, não melhorou. Bolsonaro nomeou para a vaga um general Floriano Peixoto que não tem a menor vocação para conversas em águas profundas com os políticos.

Resta a Onyx observar E observar bem.

1 visualização