PÓS-LULISMO BOLIVARIANISTA PODERÁ TER CHILE COMO MAIOR PARCEIRO DE BOLSONARO

Em sua conta do Twitter, Jair Bolsonaro agradece o presidente do Paraguai,Mario Abdo Benitez, a iniciativa de uma conversa pelo Facebook. Mas é com o presidente do Chile, Sebastián Piãnera a conversa mais significativa. Piñera chegou a vaticinar num rasgo de audácia que nem as pesquisas cravam, que Bolsonaro já é o próximo presidente brasileiro. Faz supor que, se eleito, tratara o Chile como um parceiro especial. Os dois países concluíram na sexta-feira passada discussões para um acordo de livre comércio, encerrando negociações iniciadas no ano passado. O acordo poderá ser um vetor entre o Mercosul e a Aliança do Pacífico. Bolsonaro poderá, se eleito, inaugurar uma nova política pós-lulista bolivarinista tendo o Chile como âncora ideológica.

1 visualização