PHIL & DREW GORGEOUS BURGERS N° 1

Atualizado: Abr 15

Por ANDRE R. COSTA OLIVEIRA



Aquele que luta com monstros deve acautelar-se para não tornar-se também um monstro. Quando se olha muito tempo para um abismo, o abismo olha para você.

(Friedrich Nietzsche, in “Para Além do Bem e do Mal”, 1886)

A chamada “junk food” simboliza essencialmente a comida norte-americana, intensificada ao consumidor sobretudo após a Segunda Grande Guerra. Alimentos servidos em tamanhos indecentemente grandes, com altíssimos teores calóricos, gorduras em excesso, aditivos químicos bizarros, açúcares e sabe-se lá mais o quê. Deixavam os soviéticos com alguma inveja, uma vez que a carestia crônica no bloco socialista ao longo dos anos de “cortina de ferro” se contrapunha à ostentação, à soberba, ao desperdício sistemático do ocidente.


O legado disso tudo é que os EUA detém as mais assustadoras taxas de doenças cardiovasculares, obesidade infantil e diabetes em todo o planeta.


Herança legítima do que poderia ser um típico alimento junk, o nosso n° 1 é e será sempre um grande clássico, porém sem as sandices da comida trash norte-americana. Criado junto à imensa criatividade de meu grande amigo Felipe Z. Magalhães, não se trata de um “monstro” perverso e indigesto. Somos um “podrão” sofisticado, elegante.


3 quilos de capa de costela bovina, 1 quilo de fraldinha, 1 quilo de picanha e um pedaço pequeno de bacon*. Tudo bem medido e bem moído, duas vezes.


Após misturada a carne com as próprias mãos, modele os hambúrgueres com o peso médio de 180 gramas cada.


Leve à churrasqueira (carvão ou lenha).


Deixe por alguns minutos, e daí tempere. Sal fino, algum condimento seco à base de alho, cebolas e especiarias (isso é um segredo nosso, uma hora dessas revelaremos a receita ao mundo!!!).


Próximo ao ponto adequado, coloque sobre cada peça um bom pedaço de queijo meia-cura da região da Serra da Canastra/MG), deixe que derreta sobre a carne.


Monte o sanduíche em pão francês ou pão brioche, fica melhor do que o tradicional pão de hambúrguer ou o controverso pão australiano escuro.


Alface, tomate, presunto de Parma e duas fatias de bacon frito em sua própria gordura, em grelha ou frigideira.


Sugerimos ainda o nosso molho à base de maionese e cheiro verde.


Caso queira colocar ketchup ou mostarda, a gente até perdoa o deslize.


Coma sem moderação; aproveite o momento; decifre-o, ou ele lhe devorará primeiro.


***

Siga o perfil Gastronomia com Letras no Instagram:

https://www.instagram.com/gastronima_com_letras_2020/

33 visualizações