PONTES SERVE CAFÉ FRIO A PRESIDENTE DOS CORREIOS E NÃO AUTORIZA SEUS PLANOS

Não foi dos mais agradáveis o primeiro contato do general Juarez Aparecido de Paula Cunha, agora confirmado na presidência dos Correios, com o futuro ministro das Comunicações, coronel Marcos Pontes. Foi um verdadeiro café frio servido ao visitante.

Juarez, recém-nomeado pelo atual ministro das Comunicações Gilberto Kassab com ordem para desbastar o que existe de empresa, foi ao futuro ministro em busca de apoio para seu plano de restruturação da empresa.

Ele quer reduzir de 8 para 5 as vice-presidências e popôs medidas draconianas, sem nenhum racionalismo, todas lineares, na base do corta-corta.

Com isso jogou na lata de lixo um caríssimo plano de reestruturação global dos Correios encomendada pela diretoria anterior a uma consultoria internacional, pela  bagatela de R$ 100 milhões.

O coronel-astronauta-ministro viu, porém, que a economia que o general teria com sua politica de arrasa-Correios seria ínfima. E vetou o plano de  Juarez.

Quem manda se meter com a aviação!

0 visualização