PRISÃO DE PEZÃO É RECADO A MINISTROS DO STF NO JULGAMENTO DO INDULTO

A  voz do ministro Luiz Roberto Barroso em seu voto de ontem no STF ecoa em todas as manchetes. Corrupção é morte. Falência total dos órgãos da cidadania. Esse indulto é um insulto à nação.

Horas depois desse histórico voto, que nem mesmo por sua força e brilhantismo amaina a impressão de que o indulto prevalecerá hoje ao término do julgamento, eis que a Lava Jato do Rio expede a ordem de prisão contra o governador Luiz Fernando Pezão.

Coincidência  somente?

Pensem, senhores, que possa existir um invisível tecido de resistência contra o império dos que articulam o primado da corrupção,a começar da soltura dos corruptos.

1 visualização