Sem Dor, Sem Ganho

Atualizado: 17 de Fev de 2020

Por PAULO BEZERRA


Você faz atividade física? Deveria.


Manter um corpo saudável é uma questão de beleza quando se é jovem, na meia idade é uma questão de saúde. Para mim um dia bom na academia é pior do que um dia chuvoso num churrasco com carne de segunda à beira da piscina, mas salvo raras exceções, ter forma física exige força de vontade


Frequentar uma academia, ou fazer qualquer outra atividade física, exige certo grau de comprometimento e disciplina para obter ganho a médio e longo prazo. O mesmo acontece com poupar, a atividade de economizar hoje será evidente posteriormente.


É comum ouvirmos frases como:


- Se eu ficar sempre economizando dinheiro eu nunca terei nada, então, não vejo o menor sentido em guardar dinheiro.


- Caixão não tem gaveta.


Quando eu falo em guardar dinheiro sou questionado que economizar por economizar não faz o menor sentido. Poupar faz parte de uma forma de vida, que aproxima os poupadores das suas metas (viagem para o exterior, casa própria, carro novo) de forma a garantir que estes não recebam inúmeras ligações de cobrança. Poupar é pensar a longo prazo. Até para ter acesso a hospitais confortáveis e bons tratamentos é preciso dinheiro.


Você poupa porque vai precisar. Sua economia deve reverter em gasto de forma consciente, sem ter que pagar juros, de modo que sirva para comprar aquilo que queria e merecia mas aguardou o momento certo para não ter seu sonho transformado em pesadelo com cobrador à sua porta, bem como te dar maior segurança e conforto.


Sua caixinha é feita para crescer, mas quando ela estiver gorda o suficiente cortar um pouquinho do excesso não a destruirá e realizará seus sonhos.


#paulobezerra #educaçãofinanceira #finanças #economia


Conheça o nosso colunista Paulo Bezerra e leia outros artigos de sua autoria:

https://www.cartapolis.com/seu-dinheiro-na-caixinha