SILÊNCIO TOTAL: MODELO MACIEL SERÁ O DE MOURÃO NA PRESIDÊNCIA INTERINA

O general Hamilton Mourão prepara-se para assumir pela primeira vez a presidência  interina da Republica, a partir desse domingo.

Promete um modelo discreto para os 5 dias em que permanecerá no topo do poder.

Não ocupará o gabinete do presidente  Bolsonaro, preferiu despachar no seu longínquo do anexo,  terá aparições mínimas e não receberá caravanas de políticos em profusão, nem do seu PRTB.

As intenções de Mourão lembram o estilo de um vice-presidente em especial que de tão discreto passou a ser imperceptível.

Apesar disso, Maciel manteve notável influência sobre as decisões do presidente  FHC, que o consultava frequentemente .

Trata-se de Marco Maciel, apelidado de  “Mapa do Chile” devido a ser alto e magérrimo.

Trabalhador incansável passava o dia inteiro alimentando-se frugalmente, pedindo à copa que lhe levasse sucessivas porções de pão com ovo.

E mais: Maciel não conspirava pelos cantos, ante-câmaras, gabinetes e  corredores. Usava pouquíssimo o telefone. Fixo. Telefone para ele era um instrumento de marcar encontro.

Era muito leal ao presidente. Ótimo modelo a seguir.

1 visualização