SURPRESA: O GOVERNO FUNCIONA

Enquanto completa duas semanas internado no Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, o presidente Jair Bolsonaro envia uma mensagem a seus ministros que mantêm viva a “iniciativa”.

Esta é a palavra chave: iniciativa. Muitos ministros estão se destacando, além de Paulo Guedes e Sérgio Moro, que não param de protagonizar, às vezes com termos fortes.

Além das duas âncoras principais do governo, outros pontuam nos seus setores parecem bem à vontade. Estão atuando com autonomia sem deixar de atender a um espirito coletivo.

As reuniões do Conselho de Ministros – invenção de Bolsonaro, e as últimas duas presididas pelo vice Hamilton Mourão – mostram estar funcionando.

O admirável e que não existe a figura de um “primeiro-ministro” acima de todos, super-coordenador, para reger a orquestra na ausência do presidente. Todos jogam o seu papel. O chefe da Casa Civil não é “o ministro”, mas “um ministro”.

2 visualizações