TIK, TOC, TOC , TOC ...

Por MIRIAM DUTRA


Estamos há três meses vivendo num mundo que apenas fazia parte de nossos piores pesadelos.

Muitas mentiras oficiais, desorganização, despreparo e nos confinados em casa, com uma única fonte de informação, as TVs.

São matérias, reportagens, entrevistas, todas tentando esclarecer o vírus do ano que veio da China! O problema é que todos falam, mas o vilão ainda não se mostrou totalmente.

E escutando, todos os dias, nos mortais, sem Ph.D., estudos superiores, ou sequer estudos vamos engolindo, mudando hábitos e alimentando o pior vírus: o medo.

Daí aparecem, ideias estapafúrdias como está de lavar frutas e verduras na máquina de lavar louça.


Máquina de lavar louça e para lavar louça!!!

Recomendação da OMS.


As pessoas para se protegerem, obedecem a raja tabla as recomendações higiênicas do ministério da Saúde.


São seis horas para fazer compras.


Segundo psiquiatras, muita gente vai sair deste momento, cheio de TOCs.


E precisarão de ajuda para enfrentar o que chamam nova vida.

E vários países ensaiam o futuro. Itália, França e Espanha já estão pensando como liberar as praias e que seja respeitado os dois metros de distância de segurança.


Alemanha deu o pontapé para a volta do futebol.


Até final de junho a UE esperava estar operativa para enfrentar a crise econômica, inevitável com esta pandemia.

O vírus vai seguir aí.


E temos que conviver com ele.


Regras simples: lavar as mãos, evitar aglomerações, usar máscara, e diante de um reponte, ficar em casa.

A Espanha conseguiu este fim de semana ver o número de falecidos baixar muito: 78 mortos!